NOTÍCIAS SINPACEL

Para a Ibema, uso da biomassa é alternativa renovável na geração de vapor



Publicado em 13/01/2020
Fonte: Clima Tempo

As mudanças climáticas têm exigido substituir combustíveis fósseis (derivados do petróleo) por fontes energéticas renováveis, o que requer adequações nas práticas empresariais em todo o mundo. Uma das principais alternativas é a biomassa (matéria orgânica), queimada diretamente em caldeiras para que a energia térmica seja utilizada na produção de vapor.

As indústrias estão se adaptando a essa fonte renovável como é o caso da Ibema Papelcartão, que utiliza biomassa em sua Unidade Turvo (na região central do Paraná). Na unidade, uma caldeira é alimentada com cerca de 2,8 mil toneladas/mês de cavacos de madeira, 100% vindos de árvores de reflorestamento.

O vapor gerado na caldeira (cerca de 12,5 mil toneladas por mês) é usado no processo de aquecimento dos rolos para a secagem do papelcartão produzido na fábrica. Apesar de envolver a queima da biomassa e geração de gases do efeito estufa, o fator de emissão é neutro, pois não se trata de um combustível fóssil. “Com esse combustível renovável, a empresa deixa de emitir 21 mil toneladas de CO2e por ano [toneladas métricas de dióxido de carbono equivalente], quando comparado a uma caldeira movida a gás natural”, explica o gerente de Sustentabilidade da Ibema Papelcartão, Vinícius Panebianchi dos Santos.



...

Leia a matéria completa clicando aqui!


voltar