NOTÍCIAS SINPACEL

Mili é líder nacional em vendas pelo sétimo ano seguido



Publicado em 12/02/2020
Fonte: Mili

A indústria paranaense Mili recebe pela sétima vez consecutiva o prêmio “Líder de Vendas”, concedido pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). O papel higiênico de folha simples Mili Bianco é o mais vendido no Brasil, segundo a 20ª edição do Estudo Líderes de Vendas, realizado pela consultoria Nielsen, e que lista as marcas campeãs de 150 categorias de produtos em supermercados de Norte a Sul do país.

“O prêmio é um reconhecimento de que a Mili integra o dia a dia de milhões de brasileiros, e isso é motivo de enorme orgulho para a companhia”, diz Gediel Carloto, gerente nacional de vendas da empresa.

A empresa completa 36 anos de atividade em agosto e se consolida como a maior indústria de papel tissue do Brasil em capacidade instalada de produção, segundo a consultoria Fisher International.

Com três complexos fabris – em Curitiba (PR), Três Barras (SC) e Maceió (AL) –, a Mili inaugurou há poucos meses uma nova fábrica para produção de lenços umedecidos e hastes flexíveis, dentro da unidade catarinense. O mix de produtos inclui papel higiênico, fraldas descartáveis para uso infantil e adulto, absorventes femininos, lenços e toalhas umedecidas e hastes flexíveis, guardanapos e papel toalha.



SOBRE A MILI

Fundada em 1983, a Mili é uma das maiores fabricantes brasileiras no segmento de higiene e limpeza. O papel higiênico Mili é apontado como o mais vendido do país entre os papéis de folha simples, segundo pesquisa Nielsen publicada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Seus produtos – papel higiênico, toalha de papel, guardanapos, fraldas descartáveis, absorventes higiênicos, hastes flexíveis e toalhinhas umedecidas – estão entre os líderes nacionais de mercado. Atualmente a empresa tem cerca de 1.800 colaboradores, distribuídos por três unidades fabris localizadas em Santa Catarina, Paraná e Alagoas. Saiba mais em: www.mili.com.br e www.facebook.com/MiliOficial.



...

Leia a matéria na íntegra. Clique Aqui!


voltar